ICMBio lança livro sobre Turismo de Base Comunitária

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade lançou, este mês, o livro “Turismo de Base Comunitária em Unidades de Conservação Federais: Caderno de Experiências”. A publicação reúne parte dos aprendizados de 13 Unidades de Conservação (UC) federais com iniciativas de Turismo de Base Comunitária (TBC).

Atividade pode contribuir para geração de renda, fortalecer o protagonismo local e a gestão das UCs (Foto: aquivo)

Das experiências, nove foram apoiadas pelo edital de Chamada de Propostas para Fortalecimento de Iniciativas de Turismo de Base Comunitária (PNUD BRA 08/023). O texto aborda elementos teóricos sobre o tema e traz um pequeno guia com informações sobre as oportunidades de TBC existentes nos territórios protegidos pelas UCs.

O material publicado pelo ICMBio tem o objetivo de dar visibilidade às ações coletivas, engajadas e criativas de turismo empreendidas em bases sustentáveis, constituindo-se um referencial para as UCs e comunidades que desejam iniciar ou aprimorar iniciativas de TBC.

CONCEITO: Turismo de Base Comunitária é um modelo de gestão da visitação protagonizado pela comunidade, gerando benefícios coletivos, promovendo a vivência intercultural, a qualidade de vida, a valorização da história e da cultura dessas populações, bem como a utilização sustentável, para fins recreativos e educativos, dos recursos da Unidade de Conservação (ICMBio, 2018).

O TBC pode ser uma oportunidade para que os visitantes conheçam outros elementos que compõem as paisagens das UCs, como a história, os saberes e os conhecimentos dos povos locais.

Ao mesmo tempo, a atividade pode contribuir efetivamente para a salvaguarda das referências culturais das comunidades, gerar renda, fortalecer as organizações comunitárias, o protagonismo local e a própria gestão das UCs.

Estas são algumas das questões discutidas no caderno, a partir das experiências concretas de 13 unidades de conservação que possuem iniciativas de TBC.

O material traz os aprendizados de comunitários e gestores públicos com o tema e faz parte de um conjunto de ações que o ICMBio vem adotando desde 2011 para fortalecer o TBC nas UCs federais, diversificar as oportunidades de uso público, e contribuir para o desenvolvimento socioambiental das comunidades locais.

Essas ações vêm como uma resposta à demanda crescente de gestores e comunitários sobre o tema. As iniciativas de TBC já estão presentes em 72 UCs federais.

Blog

Embora a publicação do ICMBio não trate do TBC na APA Costa dos Corais, que abrange os estados de Alagoas e Pernambuco, o Blog já apresentou o tema neste espaço. As matérias podem ser acessadas AQUI.

Já a publicação do ICMBio também está disponível AQUI.


Com Comunicação ICMBio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s