Maceió e Maragogi são destaques no guia de experiências da Azul Viagens

As belezas da capital alagoana e das principais cidades turísticas do estado, a exemplo de Maragogi, estampam as mais de trinta páginas do guia de experiências da Azul Viagens neste verão. O material é fruto das ações comerciais promovidas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) e a operadora, uma das principais do mercado do turismo no Brasil e na América Latina.

No topo do mercado: Alagoas precisa continuar a investir no turismo, aponta secretário

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, se reuniu com representantes do trade turístico alagoano na tarde de quarta-feira (24). Na ocasião, foram discutidas e alinhadas as ações para o ano de 2021. O objetivo é consolidar a posição de destaque atingida pelo Destino em 2020, quando Alagoas alcançou a liderança do mercado nacional e esteve em evidência durante todo o ano.

Janeiro tem os números mais positivos para o setor aéreo nacional desde início da pandemia

Os dados de janeiro de 2021 do setor aéreo brasileiro foram os mais positivos desde o início da pandemia de Covid-19 no Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a quantidade de passageiros em voos domésticos no mês passado foi de 6,09 milhões, maior volume registrado desde março de 2020.

Alagoas é destaque em hospitalidade, aponta Demanda Turística Internacional do MTur

Com nota 9,1 e empatado com os estados do Paraná, do Rio Grande do Norte e do Mato Grosso do Sul, Alagoas figura em terceiro lugar no ranking de hospitalidade aferido pela Demanda Turística Internacional, estudo realizado pelo Ministério do Turismo, por meio da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Turismo brasileiro perde R$ 55,6 bilhões em 2020

Num ano marcado pela pandemia da Covid-19, o turismo brasileiro perdeu R$ 55,6 bilhões em faturamento em 2020, em comparação ao período anterior. É o que aponta pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).