Instituto conclui necropsia em baleia que encalhou morta

O Instituto Biota de Conservação informou, na manhã desta quinta-feira (23), que a necropsia da baleia-fin foi concluída por volta da meia-noite, após mais de 12 horas de trabalho. Segundo o Instituto, a baleia possuía um quadro de parasitose severa com comprometimento dos grandes vasos, rins e pulmões.

Trabalho foi concluído no início desta madrugada (foto: divulgação)

“Um quadro crônico que a debilitou e possivelmente levou ao encalhe. Ainda assim, diversas análises laboratoriais serão feitas para que possamos definir com precisão a causa da morte”, informou o Biota.

“Embora não fosse o desfecho esperado para esse encalhe que mobilizou e emocionou tantas pessoas, a coleta de material permitirá compreender melhor esse animal e o que pode ter levado a sua morte, e assim produzir conhecimento que ajudará outros animais”, concluiu.

A baleia-fin (Balaenoptera physalus), que foi reintroduzida ao mar por uma força-tarefa formada por técnicos de órgãos ambientais e voluntários, na tarde de terça-feira (21), reapareceu morta na manhã do dia seguinte, encalhada no litoral da Barra de Santo Antônio, na Ilha da Crôa.

O animal será enterrado na tarde desta quinta-feira com o auxílio de uma retroescavadeira, nas proximidades do local onde foi realizada a necropsia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s