Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares passa por obras de revitalização

A Aena Brasil deu início, na terça-feira (2), às obras de revitalização do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na Região Metropolitana de Maceió. O objetivo é assegurar o padrão de qualidade dos serviços prestados. Os trabalhos, que incluem a renovação completa dos banheiros, além de melhorias no sistema de climatização, sinalização, pintura, iluminação e acessibilidade, entre outros itens, vão até o dia 23 de maio.

Janeiro tem os números mais positivos para o setor aéreo nacional desde início da pandemia

Os dados de janeiro de 2021 do setor aéreo brasileiro foram os mais positivos desde o início da pandemia de Covid-19 no Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a quantidade de passageiros em voos domésticos no mês passado foi de 6,09 milhões, maior volume registrado desde março de 2020.

Janeiro registra o maior fluxo de passageiros no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares

O mês de janeiro de 2021 registrou, desde o início da pandemia, o maior fluxo total de passageiros no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, localizado na Região Metropolitana de Maceió. Segundo a AENA Brasil, administradora do equipamento, aproximadamente 220 mil pessoas embarcaram ou desembarcaram pelo terminal no primeiro mês deste ano.

Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares recupera mais de 90% do fluxo de passageiros em dezembro

Dados publicados pela AENA Brasil apontam que mais de 180 mil pessoas passaram pelo Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, localizado na região metropolitana de Maceió, no mês de dezembro do ano passado. O número representa mais de 90% do volume registrado no mesmo mês de 2019, quando pouco mais de 190 mil visitantes embarcaram e desembarcaram no principal aeroporto de Alagoas.

Setor aéreo nacional deve recuperar até 80% da atividade em dezembro

A recuperação do setor aéreo no mercado nacional está a pleno vapor e, aquecido pela proximidade do início da temporada de verão, deve encerrar o ano com até 80% do movimento registrado em dezembro do ano passado. A projeção foi apresentada durante o 2º Seminário de Competitividade do Setor de Infraestrutura promovido, de forma online, pelo Ministério da Infraestrutura, em parceria com a Fundação Dom Cabral.