Fluxo no Zumbi dos Palmares sobe 66,25% em 2021; Índice de Atividades Turísticas tem 7ª taxa positiva

Alagoas registrou um aumento de 66,25% no fluxo de passageiros no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares durante o ano de 2021, quando comparado a 2020. Os dados são da AENA no Brasil, administradora do aeroporto, e revelam ainda que, no mês de dezembro de 2021, houve um aumento de 23% na circulação de passageiros, quando …

Continue lendo Fluxo no Zumbi dos Palmares sobe 66,25% em 2021; Índice de Atividades Turísticas tem 7ª taxa positiva

Número de voos cresce pelo 4º mês consecutivo e Índice de Atividades Turísticas se eleva pelo 2º

Trata-se, portanto, do segundo melhor desempenho desde o início da pandemia – em janeiro de 2021 o índice alcançou 75%. Os resultados foram apontados pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), com base em dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Índice de atividades turísticas sobe 18,2%, aponta IBGE

O Índice de Atividades Turísticas subiu 18,2% no mês de maio, impulsionado, principalmente, pelo aumento na receita de empresas que atuam nos segmentos de transporte aéreo de passageiros (60,7%) e de alojamento e alimentação (18,0%), que inclui restaurantes e hotéis. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada na terça-feira (13) pelo Instituto …

Continue lendo Índice de atividades turísticas sobe 18,2%, aponta IBGE

Com alta de 0,7% em janeiro, índice de atividades turísticas voltou a crescer

O índice de atividades turísticas no país voltou a crescer, após ter interrompido, em dezembro de 2020, uma sequência de sete altas consecutivas na movimentação econômica do setor. Assim, em janeiro de 2021, o índice subiu 0,7%, impulsionado, principalmente, pelo segmento de transporte aéreo, que registrou alta de 11,1%.

Turismo cresce pelo 5º mês consecutivo no país

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) apontam que as atividades turísticas no país registraram aumento pelo quinto mês consecutivo. O índice cresceu 11,5% em setembro na comparação com agosto e os destaques vão para os serviços de transporte aéreo de passageiros (19,2%) e de alojamento e alimentação (9,1%).