Seis municípios turísticos já contam investimentos para elaboração de plano diretor

Seis municípios turísticos alagoanos já contam com investimentos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) para elaboração dos seus planos diretores. São eles: Porto de Pedras, Paripueira, Japaratinga, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres.

Publicidade

Localizados na Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, Porto de Pedras e Paripueira já estão em fase de execução dos projetos, cujo foco é o ordenamento e desenvolvimento territorial.

Já os municípios de Japaratinga, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres estão com convênios celebrados na Sedetur e aguardam a tramitação do processo de licitação das empresas responsáveis para iniciar os estudos técnicos.

O planejamento territorial define o melhor modo de ocupar uma região, prevendo os pontos onde se localizarão atividades e todos os usos do espaço, levando em consideração o bem-comum. Garante, ainda, condições para financiar o desenvolvimento municipal e viabilizar a utilização dos recursos disponíveis de forma democrática e sustentável.

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão, o plano diretor assegura que os investimentos públicos sejam otimizados.

“É uma satisfação muito grande para o Governo de Alagoas poder contribuir para a organização de cada município do estado. O Plano Diretor vai fazer a diferença na organização do crescimento social e sustentável dessas cidades, garantindo que todas as pessoas tenham acesso aos benefícios e oportunidades que o meio ambiente urbano pode trazer, fazendo com que o investidor do turismo possa ali se instalar, atraindo cada vez mais visitantes”, expôs Marcius Beltrão.

Já o secretário de Turismo de Paripueira, Antônio Moura, expõe que a elaboração do Plano Diretor vai permitir que o município ande lado a lado com o desenvolvimento do Litoral Norte, respeitando critérios turísticos e ambientais.

“Os benefícios do Plano Diretor são diversos. Os principais são que a cidade vai estar apta a crescer de forma ordenada, tendo um norte para que o município possa se desenvolver da melhor forma possível. No futuro, teremos uma cidade mais estruturada, sustentável e turística, que está sempre preparada para receber o visitante da melhor forma possível”, destaca.

Além disso, o secretário Antônio Moura pontua que os que mais que se beneficiam com o Plano Diretor são os moradores do município que vão viver em uma cidade mais estruturada.

“Cidades organizadas estão mais capacitadas a proporcionarem uma melhor qualidade de vida, onde o cidadão consegue viver, ter lazer e ainda cuidar da família.”

Como um projeto que tem efeito direto na vida dos alagoanos, a elaboração do Plano Diretor vai ser acompanhada, através de uma audiência pública, pela Sociedade Civil, entes públicos e privados, para que possam participar e opinar sobre o andamento e como funcionará todo o projeto. Após essa etapa, o município passa para o estágio de execução.

Publicidade

Além de Paripueira, a cidade de Porto de Pedras já está com o Plano Diretor licitado, para dar início à ordem de serviço. Japaratinga, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres são outros municípios alagoanos que estão com processos em tramitação.


Com Ascom Sedetur

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s