Patacho surpreende pelas belezas naturais, conforto e compromisso ecológico

Areias claras, água translúcida, coqueiros a perder de vista e muito sossego. Assim é a praia do Patacho, localizada no município de Porto de Pedras, em Alagoas.

Publicidade

Incrustada na já famosa Rota Ecológica da região Norte do estado, onde se localizam os municípios de Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres e Passo de Camaragibe, a praia é sinônimo de sustentabilidade, com áreas de restinga preservadas e areias limpas.

Na maré baixa, é possível chegar a pé às piscinas naturais que, com suas águas mornas e conjunto de corais e peixinhos multicoloridos, encantam os visitantes. A região, que é famosa pela exclusividade, possui pousadas de charme com ambientes que unem o rústico ao luxo e entregam sonhos, sem perder a tranquilidade de uma pequena vila de pescadores com clima de interior, sendo o destino ideal para relaxar e curtir o sol e o mar.

Na maré baixa, é possível chegar a pé às piscinas naturais (fotos: Lucas Meneses)

O rio Tatuamunha é outro atrativo imperdível na região. Localidade conhecida como berçário do peixe-boi, o lugar encanta os visitantes pela preservação dos manguezais e pelos ilustres moradores: os peixes-boi que circulam livremente pelo estuário, onde acontece o passeio de turismo de observação.  

O Mirante e o Farol de Porto de Pedras também são atrativos imperdíveis da cidade, e bastante próximos à praia do Patacho. O acesso se dá por uma ladeira no centrinho da cidade. O Farol, que foi construído em 1940, ainda é bastante conservado. De lá, se pode ter uma vista panorâmica e incrível da região.

Bandeira Azul

Recentemente, a praia do Patacho foi certificada com o selo sustentável internacional Bandeira Azul, premiação ecológica destinada a praias, marinas e embarcações que adotam rigorosos critérios ambientais. O Patacho é a primeira praia de Alagoas a ser contemplada com o selo.
 
“É muito importante recebermos este selo da Bandeira Azul, que está mudando a nossa praia e a nossa cidade, tudo para melhor. Hoje temos a conscientização da importância da sustentabilidade e da preservação de todo o meio-ambiente, estou muito feliz de podermos estar recebendo esse selo na nossa praia. Faz sete anos que trabalho aqui e hoje eu estou vendo verdadeiramente tudo diferente e melhor para a nossa cidade”, afirma Adriano Luna, comerciante e presidente da Associação dos Barraqueiros da praia do Patacho.  

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur/AL) é o órgão responsável pela articulação e diálogo com autoridades municipais para a conquista do Selo, incluindo um termo de cooperação assinado entre os executivos estadual e municipal de Porto de Pedras para adequação da praia ao Bandeira Azul.

No total, 22 praias brasileiras contam atualmente com esta certificação, sendo apenas quatro no Nordeste: três na Bahia e o Patacho em Alagoas.


“Obter um reconhecimento tão criterioso é motivo de honra para o turismo de Alagoas. A rota ecológica de Milagres, onde está a praia do Patacho, tem no turismo sustentável e responsável um dos seus maiores pilares. Crescer de forma responsável, com a atividade turística, gerando emprego e renda, e preservando o meio ambiente é um dos diferenciais de Alagoas, que nos torna ainda mais atrativos ao mercado”, afirma o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão.

Com critérios rígidos, o programa Bandeira Azul estabelece que praias com sua certificação devem ter atividades de educação ambiental a moradores e turistas, informações sobre a qualidade da água disponíveis aos usuários, além de dados dos ecossistemas locais e fenômenos naturais, incluindo código de conduta que reflita as leis e normas relativas ao uso da praia.

Durante a fase piloto, foi feito um acompanhamento semanal na praia do Patacho quanto aos critérios exigidos pelo programa, com recolhimento de amostras da água com regularidade para conferência de sua qualidade.

Publicidade

“Uma vez que a bandeira está hasteada, o desafio da comunidade, do município e estado é manter a bandeira sempre hasteada, garantindo a limpeza da praia, a presença do guarda-vidas, o ordenamento do estacionamento, limpeza dos banheiros e todos os serviços funcionando de forma adequada durante o ano todo. Com um litoral desse tamanho, com tantos paraísos que temos, conquistar uma praia aqui em Alagoas é muito importante para nós”, expôs Leana Bernadi, coordenadora do Programa Bandeira Azul.


Ascom Sedetur

Texto: Cecília Tavares
Fotos: Lucas Meneses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s