Diretores iniciam pesquisa de elenco para novo longa-metragem que será rodado no Litoral Norte de AL

O novo longa-metragem produzido pela CinemaScópio (“Bacurau”, “Aquarius”) e dirigido por Nara Normande (“Guaxuma”) e Tião (“Animal Político”), inicia sua pesquisa de elenco buscando jovens para o núcleo de protagonistas.

O filme, que será rodado em locações do Litoral Norte de Alagoas no próximo ano, tem origem nas pesquisas dos dois diretores, que já realizaram juntos o curta-metragem “Sem Coração”, vencedor do prêmio de melhor curta-metragem na mostra Quinzena dos Realizadores, no Festival de Cannes em 2014.

Publicidade

Nara também realizou na região a animação “Guaxuma”, premiado como melhor curta no Festival de Gramado e selecionado para mais de 100 festivais em todo o mundo.

A produção do filme é assinada por Emilie Lesclaux (“Bacurau”).

Nessa primeira etapa do casting, a produção procura pessoas residentes no Nordeste, entre 13 e 20 anos, homens ou mulheres, com ou sem experiência. 

Para participar é necessário enviar para o email pesquisadeelenco2021@gmail.com 3 fotos (frontal, perfil e corpo inteiro), e um vídeo de até cinco minutos respondendo às perguntas:

1 – “Faça uma breve apresentação sua: Quem você é?”

2 – “O que suas amizades representam para você?”

3 – “Qual a sua relação com o mar? Você sabe nadar?”. 

O vídeo pode ser ‘upado’ direto no e-mail ou disponibilizado por link (Youtube, Wetranfer, Vimeo ou similar). Além do vídeo e das fotos, os candidatos devem enviar nome completo, idade, altura e a cidade onde mora. As inscrições serão realizadas entre 25 de outubro e 25 de novembro.

Sobre o filme

Verão de 1996, Nordeste do Brasil. Numa pequena vila pesqueira, Tamara, uma menina de 14 anos, vive seus últimos dias perto do mar e dos melhores amigos antes de se mudar para estudar em Brasília. 

Diretores

  • Nara Normande (1986) nasceu em Alagoas e mais tarde se mudou para Recife, onde desenvolveu seus primeiros trabalhos no cinema. Em 2011, dirigiu seu primeiro curta-metragem, a animação “Dia Estrelado” (Festival de Havana) e em 2014 dirigiu com Tião a ficção com atores “Sem Coração”, curta ganhador do prêmio Illy na Quinzena dos Realizadores em Cannes. Em 2018, seu terceiro curta, o documentário animado em técnicas mistas “Guaxuma”, co-produção com a França, ganhou diversos prêmios em prestigiosos festivais como SXSW, Guadalajara, Ottawa, Gramado e Brasília. Atualmente desenvolve seu primeiro longa-metragem, “Sem Coração”, co-dirigido por Tião e produzido por Emilie Lesclaux (Bacurau). Nara é integrante da Académie des César.
  • Tião é diretor e roteirista nascido em Recife. O seu filme “Muro” estreou na Quinzena dos Realizadores de 2008, no Festival de Cannes, recebendo o Prêmio Un Regard Neuf de melhor curta-metragem. O filme também foi apresentado nos festivais de  Clermont Ferrand, Vila do Conde, Oberhausen, Hamburgo, Tampere, Winterthur. Em 2014 dirigiu “Sem Coração” (co-autoria de Nara Normande) que teve estreia na Quinzena dos realizadores, sendo premiado com o Prêmio Illy de melhor curta-metragem. “Sem Coração” ainda recebeu os prêmios de melhor curta nos festivais de Havana, Zinebi-Bilbao, melhor curta de Ficção em Dresden, além de ser selecionado para os festivais de Vila do Conde, Rotterdam, New Directors/ New Films entre outros. “Animal Político”, seu primeiro longa-metragem, estreou em 2016 no Festival Internacional de Rotterdam e foi selecionado para os festivais internacionais de Torino, Jeonju, Durban e Transilvânia, recebendo menção especial do júri no Festival International du Film Indépendent de Bordeaux. Atualmente desenvolve seu segundo longa-metragem, ao lado de Nara Normande.

Produção

Emilie Lesclaux nasceu na França e vive desde 2002 no Recife. Em 2008, fundou a produtora Cinemascópio com Kleber Mendonça Filho. Produziu curtas e longas-metragens de cineastas pernambucanos (Tião, Nara Normande, Juliano Dornelles, Leonardo Lacca …), entre os quais os sucessos internacionais O Som ao Redor e Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, que somam mais de 400 prêmios no Brasil e no mundo.

Publicidade

Emilie também produziu Bacurau (codirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles), que ganhou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes 2019. É também diretora do festival Janela Internacional de Cinema do Recife.


Com Assessoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s