Thereza Dantas promete reativar Conselho e Fundo Municipal de Turismo de Japaratinga; confira os principais projetos da nova secretária

A turismóloga Thereza Dantas assumiu a Secretaria Municipal de Turismo de Japaratinga, no Litoral Norte de Alagoas. Em entrevista ao Blog da Costa dos Corais, ela falou das primeiras ações que pretende executar e dos projetos em médio e longo prazos. Dentre as iniciativas iniciais está a reativação do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e do Fundo Municipal de Turismo (Fumtur), além de promover a estruturação física e de pessoal da Pasta.

Thereza Dantas assumiu a Secretaria Municipal de Turismo de Japaratinga (foto: divulgação)

“A cidade de Japaratinga tem um potencial fantástico para ser um destino turístico competitivo, tanto no cenário nacional quanto internacional. Está em nossas mãos – a gestão pública, o privado e, principalmente, o povo de Japaratinga – trilhar esse caminho que somente juntos iremos alcançar”, afirmou a secretária.

E experiência não lhe falta. Thereza Dantas foi gerente de Produtos e Serviços da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) e, nos últimos quatro anos, esteve à frente da Secretaria Municipal de Turismo do vizinho município de Maragogi, segundo maior polo hoteleiro de Alagoas, atrás apenas de Maceió.

Publicidade

Thereza Dantas conta que recebeu o convite para assumir a Secretaria Municipal de Turismo de Japaratinga com o sentimento de alegria. Afirmou que sempre teve um “carinho especial” pelo município, desde quando trabalhava na Sedetur.

“Naquela época, quando eu vinha a Japaratinga, meu coração se enchia de paz e tranquilidade, era como se tivesse verdadeiramente no paraíso! Mas, na sequência, fui tomada pela euforia de poder fazer pela cidade o que sempre tive vontade. Minha mente, nesse momento, é um turbilhão de ideias e projetos que iremos poder, finalmente, realizá-los”, assegurou.

Demais projetos

Em médio e longo prazos, a secretária pretende elaborar o Plano Municipal de Turismo de Japaratinga para poder executar a atividade de maneira sistêmica, em parceria com os demais poderes públicos e iniciativa privada. Deseja fomentar a gestão participativa e inclusiva com os diversos stakeholders (partes interessadas) locais e regionais; bem como incentivar a diversificação da oferta de produtos e serviços turísticos, através de projetos que contemplem a variedade de atrativos que a região possui.

A secretária disse que buscará, ainda, estimular, também através de parcerias, a qualidade dos produtos turísticos ofertados, tendo em vista a constante e necessária capacitação dos prestadores; divulgar e promover o destino, por meio de ações de marketing integrado com os diversos parceiros locais e regionais, privados e de outras esferas públicas.

Revelou que buscará, também, realizar ações de marketing que possam promover Japaratinga como um destino competitivo; e ampliar a melhoria constante da infraestrutura turística, tendo como foco a estruturação constante do destino.

“Pretendemos propor ações baseadas em uma gestão descentralizada, que conta com a participação dos principais atores sociais interessados e envolvidos direta e indiretamente no turismo local”, explicou.

Indagada sobre quais seriam os principais gargalos que dificultam o desenvolvimento da atividade turística em Japaratinga, Thereza Dantas respondeu que, dentre outros aspectos estruturantes, a ausência de legislação e de planejamento específicos do Turismo interfere direta e indiretamente no setor.

Governança

Para resolver os gargalos e obter os resultados esperados, a secretária afirmou que implementará um eficiente sistema de governança. Ela citou a Sedetur e o Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau (CCC&VB) como parceiros estratégicos para atingir as metas propostas.

Publicidade

“O sistema de governança que eu já trabalhava na Sedetur e na Regionalização, juntamente com o Ministério do Turismo, é o que certamente iremos trabalhar para obter os resultados tão esperados”, declarou.

“Temos a Sedetur e o Costa dos Corais Convention como parceiros estratégicos em nossas ações e tenho certeza que, através do Comtur de Japaratinga, iremos contribuir para o desenvolvimento sustentável do nosso turismo. Afinal, é nele que elencamos as principais demandas do trade, bem como dos demais atores envolvidos com a atividade turística de Japaratinga”, complementou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s