Nordeste é a região mais buscada para festas de fim de ano; Maceió se destaca

Levantamento realizado pelo site MaxMilhas aponta o Nordeste como a região do país mais buscada para as festas de fim de ano. Seis capitais da região: Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA), João Pessoa (PB), Natal (RN) e Maceió (AL) apareceram entre as dez primeiras da lista. Lideram o ranking: São Paulo (SP) e o Rio de Janeiro (RJ), que apresentam maior movimentação.

De acordo com o Ministério do Turismo (MTur), mais de 4,3 milhões devem viajar pelo Brasil no período que compreende a última sexta-feira (18.12) até o próximo dia 4 de janeiro de 2021. Entre os terminais aeroportuários que terão mais movimento estão o de Brasília (DF) e o de Viracopos (SP), com 565 mil e 528 mil passageiros, respectivamente.

O cenário favorável no final do ano contribui para a recuperação do setor aéreo que sofreu perdas significativas nos últimos meses. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), há uma projeção de retomada de 80% da capacidade doméstica na comparação com dezembro de 2019.

O Ministério do Turismo recomenda uma série de medidas para uma viagem segura. Por meio do selo “Turismo Responsável”, iniciativa que estabelece boas práticas de biossegurança para 15 atividades do setor. A iniciativa estabelece protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 e busca auxiliar na retomada segura das atividades do setor tanto para turistas quanto para trabalhadores.

O selo está disponível para meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, dentre outros e pode ser obtido de maneira rápida e segura pelo site.

Em maio, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) também implementaram medidas voltadas às empresas aéreas e aeroportos. Além do permanente uso de máscaras por passageiros e funcionários, do distanciamento de dois metros entre pessoas e da higienização de terminais e aeronaves, são indicadas a utilização de EPI (Equipamentos de Proteção Individual) por trabalhadores, conforme a situação; o incentivo a campanhas de comunicação e a divulgação de avisos sonoros, entre outras ações.

Alagoas

Em Alagoas, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) orientou a adaptação de todos os segmentos da cadeia produtiva do setor para que a retomada do turismo acontecesse de forma gradual e segura.

O sucesso da implementação e cumprimento dos protocolos sanitários rendeu ao estado o selo internacional Safe Travels da WTTC (World Travel & Tourism Council), entidade de turismo que reconhece destinos ao redor do mundo que tenham implementado protocolos sanitários em padrão mundial. Já em âmbito nacional, o estado registra cerca de 1200 empreendimentos turísticos com o selo do Turismo Responsável do MTur.


Com Assessorias / foto: Lucas Menezes (Praia de Ipioca, Maceió)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s