Em ano difícil, grandes conquistas marcam o turismo de AL em 2020

Apesar do ano de 2020 ter sido marcado pela maior pandemia do século, que inviabilizou a locomoção de pessoas e afetou diretamente o mercado do turismo em todo o mundo, Alagoas tem muito a comemorar. A avaliação é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

A conquista inédita de voos diretos para a Europa, a atração do maior empreendimento hoteleiro da história do estado, a certificação internacional como destino seguro e a recuperação de boa parte da malha aérea estadual são algumas das grandes conquistas que marcam o turismo alagoano neste ano.

Desde outubro, Maceió conta com uma conexão direta para a Europa, via voo entre a capital alagoana e Lisboa, em Portugal. A operação inédita conquistada por Alagoas encurta distâncias entre o estado e o continente europeu, expandindo as possibilidades para o turismo alagoano.

Outra grande conquista no setor da aviação foi a recuperação gradual e crescente da malha aérea afetada pela pandemia. Regularmente, o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na Região Metropolitana de Maceió, considerado a principal porta de entrada de turistas em Alagoas, recebe, desde dezembro 19, voos diários, em média. Este número era de 26 no período pré-pandemia. Isso significa que 75% do contingente aéreo foi restabelecido.

O aumento nas operações aéreas já representa um maior volume de turistas no Estado. De acordo com os dados da Aena Brasil, administradora do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, só em novembro deste ano cerca de 139 mil passageiros passaram pelo equipamento, número referente a 90% do que foi registrado no mesmo mês do ano anterior.

Alta temporada

A expectativa da Sedetur é que a alta temporada de verão, que vai de dezembro de 2020 a março de 2021, traga a Alagoas cerca de 750 mil turistas. Só em fretamentos das grandes operadores de viagens, como CVC, Azul Viagens e FRT Operadora, serão 120 voos fretados que terão como destino Maceió, partindo dos principais mercados emissores de turistas de todas as regiões do país para Alagoas, incrementando ainda mais o contingente aéreo para o estado.

Mesmo em um ano difícil para toda a economia mundial, o estado de Alagoas seguiu atraindo investimentos e expandindo sua rede hoteleira, incluindo o início das obras do maior empreendimento hoteleiro da história do estado, o Vila Galé Resort, que será instalado na praia de Carro Quebrado, em Barra de Santo Antônio, Litoral Norte alagoano.

O investimento da rede portuguesa para o resort em Alagoas será de R$ 140 milhões e irá gerar cerca de 500 novos postos de trabalho diretos. O hotel contará com 518 apartamentos, quatro piscinas, seis restaurantes, boate, Centro de Convenções, com capacidade para 1,5 mil pessoas, e parque aquático infantil. 

Além do Vila Galé, outros dez empreendimentos hoteleiros estão em construção no estado, entre eles o Complexo Ipioca Beach, na praia de Ipioca, no Litoral Norte de Maceió, que contará com um investimento de 230 milhões, gerando 600 empregos diretos e 1.800 indiretos. Nele serão construídos 533 apartamentos, além da parte residencial com mais 227. Ambos os hotéis têm previsão de conclusão para 2022.

Destino Seguro

Um grande desafio para o turismo neste ano de 2020 foi a criação e a implementação de protocolos sanitários que, devido à pandemia, possibilitaram a implementação da atividade turística de forma segura. Em Alagoas, a Sedetur orientou a adaptação de todos os segmentos da cadeia produtiva do setor para que a retomada do turismo acontecesse de forma gradual e segura.

O sucesso da implementação e cumprimento dos protocolos sanitários rendeu ao estado o selo internacional Safe Travels da WTTC (World Travel & Tourism Council), entidade de turismo que reconhece destinos ao redor do mundo que tenham implementado protocolos sanitários em padrão mundial. Já em âmbito nacional, o estado registra cerca de 1200 empreendimentos turísticos com o selo do Turismo Responsável do Ministério do Turismo (Mtur).

A certificação como destino seguro foi mais um argumento e diferencial na promoção da atividade turística do estado. As ações promocionais encabeçadas pelo Governo de Alagoas neste ano incluíram campanhas de mídia on-line de forma independente e em parceria com grandes operadoras de turismo, como CVC, Azul Viagens e Decolar. 

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, as dificuldades impostas pela pandemia foram superadas com trabalho árduo e em conjunto com os principais players do mercado do turismo.

“Este ano, colhemos frutos de um trabalho árduo que tocamos há mais de dois anos, como a conquista do voo inédito direto entre Maceió e Lisboa, levando o Destino Alagoas para o topo de prateleira do mercado turismo no mundo, facilitando as conexões com toda a Europa. Nos destacamos também na segurança sanitária proporcionada aos turistas e moradores em meio a pandemia, com o selo internacional Safe Travels”, recordou Brito.

“Seguimos também atraindo grandes empreendimentos, como o Vila Galé, que já está com as obras em andamento. Todas as conquistas garantem que seguiremos gerando emprego, renda e oportunidades através do turismo”, completou.


Com Ascom Sedetur / Foto: Márcio Ferreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s