AL deve recuperar 75% da malha aérea em dezembro

Alagoas recupera, no próximo mês, 75% do seu contingente aéreo pré-pandemia. A projeção é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur). Isso acontece em razão do anúncio da Gol Linhas Aéreas, que oferecerá, a partir do dia 18 de dezembro, mais seis voos diários e diretos para o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na região metropolitana de Maceió.

A empresa retoma os voos entre a capital alagoana e o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com duas frequências diárias e diretas. Em média, serão 19 voos diários previstos, fazendo com que a malha aérea alagoana siga crescendo após a queda sofrida por causa da pandemia do novo coronavírus.

Brasília também contará com mais conexões diretas para Maceió, saindo de um para três voos por dia. Também em São Paulo, o Aeroporto de Guarulhos, maior do país, contará com mais dois voos diretos para a capital alagoana, contabilizando quatro por dia.

Ainda neste mês de novembro, Salvador contará com quatro voos semanais, sendo um operado exclusivamente pela Gol e três em parceria com a VoePass.

PUBLICIDADE

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, Rafael Brito, considera que o crescimento da malha aérea alcança a meta estabelecida para a retomada da atividade turística em terras alagoanas. 

“A gente tem trabalhado incansavelmente desde o início da pandemia para recuperação da malha aérea porque sabemos o quanto o nosso destino depende disso para a retomada da atividade turística. Temos uma boa relação com as principais companhias, concedemos incentivos fiscais, trocando mais voos por menos impostos e, assim, conseguimos alcançar nossa meta estabelecida para a malha aérea regular para este verão”, citou Brito.

“A Gol tem sido uma grande parceira de Alagoas e é essencial termos a maior companhia do país a nosso favor. Além de a malha regular, teremos 120 voos fretados que começam já neste mês de novembro para o verão. O destino está em destaque no mercado e já vislumbramos a volta da geração de empregos e oportunidades no setor para os alagoanos”, acrescentou.

Incentivos

Desde o ano passado, as principais companhias aéreas do país – Gol, Latam e Azul – contam com o incentivo concedido pelo Governo de Alagoas para o fomento da malha aérea do Estado.

Com esse acordo, o executivo estadual garante às empresas a redução de 12 para cotas de 8, 6 e 5% do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o Querosene de Aviação (QAV), responsável por cerca de 40% dos custos de operação das aeronaves. Na alta temporada de verão do ano passado, esta medida rendeu ao estado o acréscimo de aproximadamente 40 mil turistas.


Com Ascom Sedetur / foto: Jonathan Lins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s