Milagres triplica número de empreendimentos com Selo Turismo Responsável

São Miguel dos Milagres, no Litoral Norte de Alagoas, mais que triplicou o número de empreendimentos certificados pelo Ministério do Turismo (MTur) com o Selo Responsável – Limpo e Seguro. Em 20 dias, o município integrante da Rota Ecológica passou de 07 para 22 o número de chancelas, um aumento de 214%.

Ainda no Litoral Norte de Alagoas, Maragogi segue como o segundo município alagoano que mais possui empreendimentos certificados pelo Selo Turismo Responsável. Com base nos números divulgados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), o município do Litoral Norte do estado registrou aumento de 34,2%, passando de 38 para 51 chancelas concedidas pelo MTur, no mesmo período.

A certificação é concedida aos empreendimentos que seguem os protocolos para prevenção da Covid-19 estabelecidos pelo governo federal. Os municípios com maior número de estabelecimentos já certificados em todo o estado são: Maceió (202), Maragogi (51), Piranhas (37), São Miguel dos Milagres (22) e Marechal Deodoro (20).

Os segmentos com maior número de empreendimentos reconhecidos são meios de hospedagens (178), agências de turismo (101), bares, restaurantes, café e similares (53), transportadores turísticos (33) e prestador de serviço especializado (22).

Alagoas

Em todo o país, mais de 3 mil estabelecimentos já foram certificados. Alagoas é o 5º estado com o maior número de estabelecimentos no Brasil. Há 20 dias, na primeira divulgação de dados deste tipo pelo governo federal, eram cerca de 200 estabelecimentos certificados; agora são 423.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, esta evolução mostra que os empreendedores do turismo alagoano estão aptos a prestar um serviço seguro e de qualidade aos turistas na retomada da atividade.

“Foram mais de duzentas solicitações do Selo em vinte dias. Isso é prova do empenho do empreendedor do turismo alagoano e na confiança deste na retomada do setor promovida através das ações do governo. Estamos vencendo as dificuldades impostas pela pandemia, atendendo empresários e interessados no selo via telefone e WhatsApp, tirando dúvidas e esclarecendo e tirando dúvidas, conscientizando da importância desta certificação concedida através do Cadastur”, pontuou Rafael Brito.

Cadastur

Para solicitar o Selo, o interessado deve acessar o site turismo.gov.br/seloresponsavel, ler as orientações previstas no protocolo destinado ao segmento em que atua e estar com situação regular no Cadastur, indispensável para a aquisição da certificação. Caso não tenha o Cadastro, basta procurar a Sedetur através do telefone ou WhatsApp (82) 98833-4344 e regularizar a situação cadastral.

Com o Cadastur regularizado, o interessado faz uma autodeclaração que atende aos pré-requisitos determinados e é encaminhado para uma área do site onde pode realizar o download do selo para impressão. Todos os protocolos a ser seguidos pelos empreendimentos estão disponíveis também no portal.

O Selo, que é totalmente gratuito, deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente e conterá um QR Code pelo qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Além disso, possibilitará a realização de denúncias em caso de descumprimento, o que poderá resultar em revogação do selo.


Com Ascom Sedetur

Um comentário sobre “Milagres triplica número de empreendimentos com Selo Turismo Responsável

  1. Pingback: Milagres triplica número de empreendimentos com Selo Turismo Responsável

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s