Operadoras de mergulho lançam protocolo para retomada das atividades na Costa dos Corais

A Associação dos Operadores de Mergulho da APA Costa dos Corais (AOMAPACC) divulgou, nesta terça-feira (2), o protocolo “Covid-19 e as operações de mergulho: 10 recomendações sobre prevenção e mitigação de riscos”. Com 27 páginas, o documento tem como objetivo a retomada segura das atividades dentro da Unidade de Conservação Marinha (UCM) do Brasil, após a pandemia provocada pelo novo coronavírus.  

Segundo Flórido, existem 14 operadoras de mergulho licenciadas para atuar na APA Costa dos Corais. (Foto tirada antes da pandemia / divulgação )

Segundo o presidente da entidade, Paulo Flórido Filho, o protocolo será seguido internacionalmente pelo setor Scuba.

 “O documento foi elaborado pela Comunidade Médica do Mergulho DAN (Rede de Alerta para Mergulhadores da Europa) em parceria com a WRSTC (organização dedicada à segurança no mergulho recreativo em todo o mundo), que segue também as recomendações da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e traz diversas recomendações que serão adotadas nas operações de mergulhos turísticos em nossa região”, explicou Flórido.

Entre os procedimentos adotados estão o uso único, por pessoa, do regulador (equipamento que libera o ar diretamente na boca do mergulhador). O mesmo procedimento será válido para a utilização de máscaras. Os instrutores terão de manter distanciamento de 1,5 metro dos alunos nas embarcações como também dos demais membros da equipe.

“O protocolo internacional é de grande importância para evitar os riscos de contágio e contaminação, tanto por parte dos nossos colaboradores quanto dos turistas que quiserem praticar a atividade com o menor grau de risco possível”, observou Flórido.

De acordo com ele, os equipamentos estarão embalados até a hora do uso. O presidente da AOMAPACC informa, ainda, que na próxima semana haverá uma videoconferência com os representantes das 14 operadoras associadas, sediadas nos municípios de Tamandaré,  Maragogi,  Japaratinga,  São Miguel dos Milagres e Paripueira.

Na oportunidade, serão repassadas as instruções para o uso e a higienização dos equipamentos.

“Estamos tratando com as Secretarias de Vigilância Sanitária de cada município para buscar o apoio em relação a produtos de higienização como o hipoclorito. Já o treinamento dos mergulhadores acontecerá quando houver a oportunidade de reunir em pequenos grupos para efetuar a parte prática. Todos os envolvidos no setor passarão pelo curso de patógenos transmitidos pelo ar, uma forma de entender um pouco mais sobre o assunto”, citou Flórido.

Ele recordou que as atividades de mergulho na APA Costa dos Corais estão suspensas desde o dia 16 de março, por meio de portaria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em atenção à pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). Não há previsão para o retorno das operações.

“Todos os esforços para proteger o turista que quiser realizar a atividade de mergulho em nossa região serão tomados. Trata-se de um compromisso e uma obrigação de cada um de nós para voltarmos às atividades ainda mais preparados”, finalizou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s