Alagoas contará com plano para retomada do turismo pós-pandemia

Alagoas vai elaborar um plano voltado à retomada da atividade turística em todo o estado. O setor é um dos mais afetados pelos efeitos avassaladores da pandemia provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).

A informação foi dada pelo secretário de Estado do Turismo, Rafael Brito, ao participar de uma reunião online promovida pela operadora CVC.

Rafael Brito participou da reunião online promovida pela CVC (Divulgação)

“Estamos contratando um consultor de renome nacional para termos um plano de retomada e de branding de todo o Estado, que é uma carência que tínhamos. Iremos criar uma grande campanha de retomada do turismo. O que estipulamos de recursos até outubro é na casa de R$ 8 a R$ 10 milhões. Será o maior investimento da nossa história”, assegurou Rafael Brito.

“Tudo isto para que a gente faça um recomeço forte da atividade turística em Alagoas, saindo na frente da concorrência nacional, consolidando o nosso Destino e, com isso, voltando a gerar renda e emprego aos alagoanos”, acrescentou.

A reunião online debateu protocolos de segurança, restabelecimento da malha aérea, criação de um selo de qualidade e estratégias de promoção do Destino Alagoas. O encontro virtual contou com a participação de todo o trade turístico do Estado.

Maceió

Na ocasião, a Diretoria de Produtos Nacionais da CVC revelou que a capital alagoana é um dos destinos mais procurados para viagens pós-pandemia no site da operadora.

Mais de cem pessoas participaram do encontro, que reuniu técnicos da Sedetur, hoteleiros de todas regiões turísticas de Alagoas, presidentes e diretores das entidades representativas do trade alagoano, além de secretários municipais de cidades como Maceió e Barra de São Miguel.

Eles ouviram as informações, orientações e tendências de mercado apontadas pela operadora e suas estratégias de restabelecimento da atividade turística.

“O momento pede que priorizemos a nossa saúde e, por isso, reiteramos que hoje precisamos ficar em casa para que, mais para frente, voltemos a viajar. Acreditamos que até terem tranquilidade e segurança para viajarem novamente, os brasileiros darão prioridade às viagens mais curtas, para locais próximas as suas cidades de origem. Desta forma, viagens domésticas, em especial para os destinos no Nordeste, irão se beneficiar logo que a demanda pelo turismo voltar a crescer”, declarou Claiton Armelin.


Com Ascom Sedetur

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s