Veja a categorização dos 8 municípios da Costa dos Corais no Mapa do Turismo

Dos 8 municípios que integram a região turística da Costa dos Corais, inclusos no Mapa do Turismo 2019, dois subiram de categoria, cinco se mantiveram no mesmo patamar e um caiu.

Japaratinga saltou da categoria C para a B no Mapa do Turismo 2019 (Foto: Kaio Fragoso)

Maragogi saltou da categoria B para a A e Japaratinga da C para a B. Maragogi, aliás, se juntou a Maceió no topo da categorização em Alagoas, conforme o novo Mapa 2019 divulgado recentemente pelo Ministério do Turismo (MTur).

Em Alagoas, apenas Maceió e Maragogi ocupam a categoria A. A Capital se mantém neste patamar desde 2017. O mapa é atualizado a cada dois anos.

Japarantiga, por sua vez, juntou-se a Arapiraca, que também galgou um nível, passando da categoria C para B. Alagoas conta 50 cidades consideradas turísticas. Os demais municípios estão nas categorias C (9), D (29) e E (8).

Ainda na Costa dos Corais, se mantiveram na categoria D os municípios de Barra de Santo Antônio, Paripueira, Passo de Camaragibe e Porto Calvo. Na categoria C manteve-se Porto de Pedras. O único a cair um nível foi São Miguel dos Milagres, da B para a categoria C.

Critérios

Para classificar os municípios no Mapa do Turismo, o MTur leva em consideração cinco variáveis: quantidade de empregos formais, de estabelecimentos formais de hospedagem, estimativa de turistas internacionais e de turistas domésticos, além da arrecadação nos estabelecimentos de hospedagem.

Segundo o Ministério, o processo de categorização agrupa municípios de acordo com o desempenho de suas economias do turismo. Esse agrupamento permite enxergá-los de forma diferenciada, observa a pasta.

Segundo a metodologia empregada, os que possuem médias semelhantes – nas cinco variáveis analisadas – são reunidos em uma mesma categoria.

No caso de São Miguel dos Milagres, que caiu de categoria, o MTur esclarece que “após as análises de todas as variáveis, o município citado ficou mais perto dos critérios previstos na categoria C. Vale registrar que o os parâmetros tomam por base uma média nacional”.

A categorização serve para otimizar a distribuição de recursos públicos, orientar a elaboração de políticas específicas para cada categoria, aperfeiçoar a gestão pública, auxiliar na atualização do Mapa e orientar a reflexão sobre o papel de cada cidade no processo de desenvolvimento turístico regional.

Perfil

O Blog da Costa dos Corais manteve contato com a assessoria de imprensa do Ministério do Turismo e quis saber, dentre outras questões: se, independentemente da classificação, os municípios receberão a mesma atenção da pasta?

“É preciso deixar claro que a categorização não restringe o número de municípios priorizados pelo Ministério do Turismo. Pelo contrário, ela permite ampliar o apoio dado pelo Ministério aos municípios. Na Portaria MTur nº 39 de 10 de março de 2017, estão previstos apoios para todas as categorias de municípios, de acordo com o perfil de cada um. O fato de um município ser categorizado em C não significa que ele receberá menos apoio que um município categorizado como B”, esclareceu a pasta.

O Ministério explicou, ainda, que na versão 2019 do Mapa houve uma revisão da metodologia empregada e da coleta de informações atualizadas (Dados RAIS 2017 e Demanda Turística Internacional 2017).

Além disso, foi introduzida a variável “arrecadação de impostos federais dos meios de hospedagem” como forma de complementar os indicadores já utilizados, agregando uma variável de desempenho financeiro para a análise.

“O processo de categorização agrupa municípios de acordo com o desempenho de suas economias do turismo. Esse agrupamento permite enxergar cada município constante no Mapa do Turismo Brasileiro de forma diferenciada. De acordo com a metodologia, os municípios que possuem médias semelhantes – nas cinco variáveis analisadas – são reunidos em uma mesma categoria”, explicou.

Por fim, o Ministério esclareceu que todos os 5.570 municípios brasileiros foram analisados e por esse motivo os valores médios das categorias mudaram na última atualização, fazendo com que alguns fossem puxados para cima ou para baixo na avaliação.

“Ressalta-se que todas as capitais estão agrupadas na Categoria A e que os municípios que possuem 0 (zero) nas cinco variáveis são agrupados na Categoria E”.

O novo Mapa do Turismo está disponível para consulta no site mapa.turismo.gov.br e conta ainda com a emissão de certificado digital para os municípios integrantes.

Um comentário sobre “Veja a categorização dos 8 municípios da Costa dos Corais no Mapa do Turismo

Deixe uma resposta para Maria Betânia Silvério Almeida Ataide Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s