Maragogi e São José da Coroa Grande apostam na regionalização do turismo

Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, e São José da Coroa Grande, no Sul de Pernambuco, iniciaram, esta semana, as tratativas para desenvolverem ações conjuntas na área do turismo. Vizinhos, os municípios integram a Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, maior unidade de conservação marinha do país, repleta de belas praias e de piscinas naturais que atraem e encantam turistas nacionais e internacionais.

 

Foto: divulgação

O primeiro passo nesse sentido foi dado na terça-feira (20), quando gestores de São José da Coroa Grande e de Maragogi, além de representantes do trade, se reuniram com o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, em Recife (PE).

Além de Novaes, participaram do encontro os secretários de Turismo de São José da Coroa Grande, Sergio Aroucha; e de Maragogi, Thereza Dantas; o prefeito do município pernambucano, Pel Lages; a diretora de Marketing da Setur/PE, Milu Megale; o secretário executivo de Gestão e Políticas Públicas, Antônio Neves Baptista; a secretária adjunta de Turismo de Maragogi, Roberta Carvalho; e o sócio-colaborador da Associação do Trade Turístico Coroense (ATTCOR), professor Plínio Guimarães.

“A reunião serviu para fortalecer a parceria entre o Litoral Sul de Pernambuco e Norte de Alagoas, visando melhorias de infraestrutura na região, bem como a formatação de novos produtos turísticos integrados”, disse Thereza Dantas.

Segundo Plínio Guimarães, durante a reunião foi apresentada e discutida a proposta de envolver outros municípios no projeto, criando um corredor turístico de Porto de Galinhas, em Ipouca (PE), a São Miguel dos Milagres, na Rota Ecológica alagoana.

“Já há uma integração histórico-cultural entre os dois municípios (Maragogi e São José da Coroa Grande). Com o desenvolvimento do turismo no Litoral Sul de Pernambuco e Norte de Alagoas, tendo como carros-chefes Maragogi e Porto de Galinhas, naturalmente esse corredor turístico está se formando”, observou Plínio Guimarães.

Para o secretário Sergio Aroucha, a parceria entre os dois municípios abre caminho para a regionalização do turismo. “Esse é o foco”, enfatizou.

Plínio Guimarães considera que se essa construção for planejada trará bons resultados para os destinos turísticos envolvidos.

“Existe a possibilidade de se fazer um diagnóstico identificando pontos fortes e fracos; oportunidades e ameaças. A partir desse diagnóstico pode-se fazer um planejamento que irá proporcionar uma oferta diversificada tanto de atrativos naturais e culturais, como na oferta de serviços turísticos”, explicou Guimarães.

Ele acredita que a parceria entre os dois Estados também poderá proporcionar uma oferta diversificada e distribuída ao longo do corredor de serviços e de infraestrutura de apoio ao turismo.

“Um ponto que justifica também a consolidação desse corredor turístico é construção do Aeroporto de Maragogi”, observou Guimarães.

Segundo ele, uma nova reunião, mais ampla, será realizada no dia 10 de setembro envolvendo as secretarias de Turismo dos dois Estados e dos municípios da região, além do trade, por meio do Convention Bureau da Costa dos Corais e de Porto de Galinhas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s