Costa dos Corais vai receber ações do Investe Turismo

O destino da Costa dos Corais será beneficiado pelo programa Investe Turismo. A iniciativa é uma convergência de ações e investimentos para acelerar o desenvolvimento, gerar empregos e aumentar a qualidade e competitividade de 30 rotas turísticas estratégicas do Brasil.

Costa dos Corais, Maragogi (Foto: Jorge Menezes)

Para tocar as ações, foi firmada, na terça-feira (28), parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Ministério do Turismo (MTur) e a Embratur, autarquia federal responsável pela execução da Política Nacional de Turismo no que diz respeito à promoção, ao marketing e ao apoio à comercialização dos destinos, serviços e produtos turísticos brasileiros no mercado internacional.

Ao lado de Maceió, a Costa dos Corais é uma das 30 rotas selecionadas pelo Investe Turismo para receber os investimentos no país.

Ao Blog da Costa dos Corais, o presidente da Embratur, Gilson Neto, falou da importância do programa para a região turística, que abrange os litorais Norte de Alagoas e Sul de Pernambuco.

“A Embratur e o Ministério do Turismo veem a Costa dos Corais como a cereja do bolo no turismo alagoano e pernambucano. Trata-se de uma região com potencial enorme, vastíssimo, haja visto a quantidade de leitos que possui”, afirmou o presidente da Embratur.

O programa está estruturado em quatro linhas, que são: o fortalecimento da governança; melhoria dos serviços e atrativos turísticos; marketing turístico e apoio à comercialização e atração de investimentos; e facilitação do acesso a serviços financeiros.

Dimensão

Serão desenvolvidas ações nas 30 rotas estratégicas, atingindo 158 municípios, sendo quatro no Centro-Oeste, sete no Norte, 10 no Nordeste, cinco no Sudeste e quatro no Sul do país.

Na Costa dos Corais, serão beneficiados, diretamente, os municípios de Japaratinga, Porto de Pedras, Maragogi, São Miguel dos Milagres e Barra de Santo Antônio, segundo informou o portal G1.

Só o Sebrae deve investir cerca de R$ 200 milhões, de acordo com o Mtur. A instituição será responsável por organizar os quatro eixos do programa, com foco especial nas micro e pequenas empresas, na qualificação e capacitação e em estratégias de marketing.


Com informações da Agência Sebrae de Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s