Um movimento em prol da natureza

Crianças e adultos das comunidades envolvidas participaram do mutirão de limpeza (Foto: Divulgação)

O Movimento Cidade Verde, Rio Vivo, criado por representantes de entidades públicas e privadas, recolheu, no último final de semana, três caminhões abarrotados de lixo. Os resíduos estavam espalhados pelas praias e manguezais de São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, destino turístico conhecido como Rota Ecológica, no Litoral Norte do Estado. A atividade finalizou a 2ª edição do movimento que teve início na quarta-feira (21) e foi encerrado no domingo (25).

“Tivemos a participação de mais de 200 pessoas das comunidades, entre adultos e crianças. O lixo que encontramos foi deixado nas praias por banhistas, lamentavelmente. São latas de cerveja e de refrigerante; litros de bebidas destiladas, sacos plásticos, dentre outros entulhos”, lamentou o analista ambiental do Centro de Mamíferos Aquáticos (CMA), Ulisses Santos.

Em Porto de Pedras, o mutirão de limpeza foi realizado no último domingo e concentrou esforços nas praias de Tatuamunha, Lages, Palmeira e na foz do Rio Tatuamunha, onde existe o cativeiro de readaptação do Projeto Peixe-Boi Marinho, mantido pelo CMA e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

No sábado, o mutirão de limpeza foi direcionado às praias de São Miguel dos Milagres: Toque, Riacho dos Milagres, urbana e Porto da Rua. Santos chamou a atenção para o fato de na Praia do Toque quase não existir lixo ao longo da costa. Isso porque os donos de pousadas ali instaladas se reúnem e pagam pelo recolhimento dos resíduos que é feito por uma prestadora de serviço.

“A coleta de lixo feita pelas prefeituras de São Miguel dos Milagres e de Porto de Pedras é deficiente. Os municípios só se preocupam com o lixo urbano, mas não fazem a limpeza das praias”, criticou o analista ambiental. A 2ª edição do Movimento Cidade Verde teve início na quarta-feira (21) por meio da mobilização das comunidades inseridas no projeto. Crianças pintaram e decoraram 53 lixeiras doadas pelo trade turístico. Os coletores foram instalados ao longo das praias visitadas.

Lixeiras doadas por donos de pousadas foram instaladas nas praias de Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres

Na quinta e sexta-feira, o Circuito Tela Verde exibiu vídeos de temática ambiental na Praça de Tatuamunha, em Porto de Pedras, e no Pátio do Mercado Público, em Porto da Rua, em São Miguel dos Milagres. O Movimento Cidade Verde, Rio Vivo foi criado em novembro de 2011 como resultando da paixão e do compromisso de diversos representantes de instituições públicas e privadas que atuam na região conhecida como Rota Ecológica, dentre elas o Projeto Peixe-Boi (CMA / ICMBio / APA Costa dos Corais), Instituto Yandê (ONG) e Associação do Turismo do Peixe-Boi.

A origem do movimento, porém, remete às ações de limpeza de praias realizadas desde 2010 e encabeçadas pela equipe da Pousada da Amendoeira. Depois, os mutirões de limpeza foram integrados ao Circuito Tela Verde, atividade de educação ambiental desenvolvida desde 2009 pelo CMA/ICMBio (Projeto Peixe-boi) na região.

“Diversas pessoas têm se somado ao movimento, desde o mais simples pescador ao promissor empresário, todos são personalidades importantes e contribuem para o alcance dos objetivos do grupo: promover ações de conscientização ambiental e articular atores político-sociais em prol do desenvolvimento socioambiental da região”, destacou Santos.

Fonte: Gazeta de Alagoas (Sucursal Maragogi)

 

Um comentário sobre “Um movimento em prol da natureza

  1. Carlos Marques

    Infelizmente este, tão lindo, planeta depende de algumas nobres almas para ser salvo do lixo deixado por seres deploráveis e imundos. Gostaria muito que houvesse um movimento semelhante de pessoas de boa vontade por aqui em São Paulo. Com certeza iria participar. Enquanto isso não acontece, vou catando, sozinho, o lixo humano que vou encontrando boiando nas águas de nossas praias. Se alguem souber de algum grupo em São Paulo que tenha a preocupação de limpar a natureza dos dejetos humanos, por favor, me comunique. Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s