Maragogi já tem sua pousada de charme

Pousada tem 10 bangalôs superiores (fotos: Carlos Rosa)

Maragogi já tem a sua pousada boutique, aquele tipo de hospedagem que segue o conceito de charme. Trata-se da Camurim Grande. Com um projeto arquitetônico assinado por Pedro Motta, o mesmo que concebeu o Nanai Beach Resort, em Porto de Galinhas (PE), a pousada possui 21 sofisticadas unidades habitacionais, em meio a uma natureza exuberante: coqueirais, manguezal, árvores frutíferas e a praia. A piscina é de borda infinita, com 28 metros de extensão. O acesso simula a entrada em uma praia, uma perfeição!

Piscina com borda infinita e acesso que simula entrada numa praia

Seguindo o padrão que consagrou os estabelecimentos hoteleiros situados na Rota Ecológica (Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres), a Camurim Grande é uma pousada de baixa densidade: apenas 5% do terreno possui edificações. São 21 apartamentos divididos em três categorias: cinco suítes, seis chalés e 10 bangalôs, estes com 62 metros quadrados e dotados de alguns mimos como banheira de hidromassagem.

Acomodações do bangalô superior dotado de hidromassagem

No lugar onde hoje habita a pousada, ficava a casa de veraneio do casal Lacerda: Cristiana e Marcelo. “Abrimos em soft open e estamos conseguindo um nível de satisfação muito grande”, comemora Cristiana.  “Nosso objetivo é que nossos hóspedes saiam do ambiente urbano e fique numa rede descansando, receba uma massagem, faça uma caminhada na praia, enfim, que estreite o contato com  natureza”, completou Lacerda.

A cozinha é comandada pela  chef  Maranei Silveira Cardoso, conhecia como “Mara”. O prato em destaque é o peixe ao molho de laranja kinkan, servido com purê de banana e arroz de castanha com passas brancas. “Temos ainda outros molhos: de gengibre, ervas, alcaparras.  É um cardápio bem extenso”, disse Mara, uma auto-didata.

A chef Mara comanda a cozinha da Camurim Grande

“Eu morava no Rio até 2001. Vim a passeio aqui para o Nordeste com o meu marido e resolvemos ficar. Arrendamos uma pousada, a Caiuia, em Japaratinga, onde fiquei oito anos. Foi lá que comecei a lidar com a culinária. Tudo o que sei aprendi em livros, revistas. Foi na Caiuia que comecei a criar pratos, a montar, foi quando comecei a pegar gosto pela cozinha”, relatou.

A pousada está aberta em soft open desde novembro do ano passado. Isso significa preços promocionais. Os pratos custam a partir de R$ 42 e as diárias: R$ 294, R$ 438, R$ 582. Mais informações:

http://www.camurimgrande.com.br

 

2 comentários sobre “Maragogi já tem sua pousada de charme

  1. Severino: Não devemos esquecer que a Pousada Boutique Praiagogi de Maragogi também é considerado uma pousada de “charme” junto com seu restaurante a beira mar Tuyn. Ambas pousadas associadas a AHMAJA: Associação do Trade Turístico de Maragogi/Japaratinga.

    Parabéns como sempre por todas suas iniciativas jornalisticas.

    Bruce

    Curtir

Deixe uma resposta para Severino Carvalho Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s